Samoieda – Conheça mais sobre

Samoieda – Conheça mais sobre

A história do Samoiedo é bem controversa e complexa, contudo existe uma versão que é muito aceita no meio dos produtores – esses cães foram empregados pelas sociedades nômades da região da Sibéria há cerca de 5.000 anos. Este cachorro apenas podia ser percebido entre estas tribos, daí onde seu nome foi originado. Estes povos utilizavam esses cachorros para puxar trenós, caçar e para o trabalho no campo.
Por volta do período de 1870 a 1909, os primeiros animais dessa espécie foram introduzidos para as terras inglesas, contudo ainda não fossem pura raça. Diz-se que essa espécie se popularizou no país inglês, devido a Monarca Alexandra, que amou o Samoiedo e fez de tudo a fim de que ele fosse popular em sua nação. A realidade é que ainda há a possibilidade de ser achados descendentes dos cachorros da monarca nos pedigrees atuais.
Os cães Samoiedos chegaram na América em 1906, um exemplar foi dado como presente do Grão-Duque russo Nicolau. Desde a Segunda Grande Guerra a estima desse cão vem crescendo cada vez mais devido ao seu comportamento manso, sua bela fisionomia e suas condutas como um cachorro de tração.

Características Físicas do Samoiedo

Esta é uma raça que se aparenta bastante a um bichinho de pelúcia, seu corpo é bastante vigoroso com uma musculatura bem desenvolvida, seus membros são esféricos e amassados com um revestimento peludo bem espesso, seu crânio é de aspecto de cunha com seus olhos afundados, orelhas de tamanho médio muito distanciadas umas das outras em um posicionamento vertical e o nariz é de tamanho mediano com uma tonalidade escurecida.
A cauda é incrivelmente bela, trazendo uma pelagem espessa e um formato enrolado por cima do dorso e inclinando para um dos lados. Sua fisionomia chega a ser divertida: quando olhamos para ele, temos a impressão de que ele se encontra constantemente dando risadas!
A pelagem é bem espessa e volumosa, sendo longa, sedosa e lisa. A cor mais habitual é o branco sólido, embora são capazes de ser encontrados nas várias tonalidades de branco palha, amarelo, branco e amarelo, branco e preto e branco e pardo.

samoieda conheça mais

Temperamento do Samoiedo

Essa espécie é bastante extrovertida, fazendo o que pode com o intuito de deixar as pessoas de fora e seus familiares sempre contentes! Se familiarizado, ele vai querer constantemente, ainda, deitar todas as noites bem próximo de seu proprietário. As pessoas mais velhas admiram esta espécie, pois ela possui uma facilidade em agradar as pessoas e deixá-los mais contentes e, principalmente, sendo uma amizade até o fim de sua vida.
Por causa de ser um cão gerado especialmente para o labor, ele precisa de muitas atividades físicas para que seja capaz de gastar essa energia, caso isso não ocorra, ele pode se tornar um cão bastante nervoso. Não é indicado mantê-lo preso em correntes ou no interior de casas ou pequenos apartamentos. Se estressados, eles podem vir a ser bem destrutivos, mais desordeiros, mastigadores de objetos e que vão cavar por todo o lado que conseguir.
Pela essenciabilidade de deixar o seu proprietário mais satisfeito, eles serão capazes de ser educados, todavia não cogite que será descomplicado: eles são bastante desobedientes.
O adequado é que você possua apenas um cachorro desta raça, porque eles não se se relacionam muito bem com outros cachorros de estimação!

Vantagens em se ter um Samoiedo

Esta espécie é muito dócil, sensível, amorosa e bastante esperta! O Samoiedo tem um fascínio fenomenal, fascinando a todos ao seu redor.
Por sua afetividade e meiguice, o Samoiedo não vai desejar ficar distanciado de seu dono por muito tempo, o que faz com que esta espécie muito admirada por qualquer um.
Caso você receba muitos hóspedes em casa, não irá precisar se preocupar em deixar preso o cão! Seu proprietário vai ficar contente com o modo como o Samoiedo se relaciona com seus colegas e hóspedes.
Esta espécie se conserva bastante higiênica por vários dias, ainda que sejam cães fundamentalmente esbranquiçados e bastante peludos. Além disto, não produzem odores característicos de cães devido à ausência de glândulas subcutâneas. Você vai ter um gasto bem menor com essa espécie, principalmente se tratando de higienização!

Pontos fracos do Samoiedo

Samoiedos exigem atividades físicas regularmente, uma vez que são cães extremamente ativos e familiarizados com o trabalho difícil, para se preservarem mansos.
Esses cães são bastante dóceis, portanto, se você tem necessidade de um cachorro de guarda, jamais adquira o Samoiedo.
Os Samoiedos são divertidos, mas, algumas vezes, passam da conta, deixando o seu dono bem nervoso, porque eles são muito destrutivos em muitas situações.
O Samoiedo é um cachorro bem dominador, não é indicado possuir outros animais domésticos junto dele, principalmente felinos! Porém, caso possua algum outro animal no lar, adestre o Samoiedo precocemente para aceitar os amigos.
Este cão não se adequa com bastante simplicidade a temperaturas muito elevadas, isto deve-se à sua origem nórdica, quer dizer, a climas mais frios.
Essa raça troca sua pelagem regularmente, portanto é muito habitual ver seus pelos ao longo da casa.
O Samoiedo manifesta vários problemas relativos a sua saúde, como: pigmentação estranha no olho, orelha caída, ossos desequilibrados, pelagem ondulada, características do sexo mal estabelecidas, displasia coxofemoral, podem ficar surdos, perigo de nanismo e a retina pode demonstrar uma decadência gradativa.

Como cuidar de um Samoiedo

Somente possua um Samoiedo se você tiver bastante energia e disposição para tal, vá se divertir com ele ou fazer o seu Samoiedo se movimentar por um tempo, porque esse cão tem necessidade de gastar suas energias diariamente, ou melhor, se você for desanimado não possua um Samoiedo! Caso você queira um cachorro mais disciplinado, domestique-o desde filhote.
Caso você possua outros cachorros em sua moradia é sugerido que o proprietário eduque o Samoiedo desde filhotinho no intuito de que ele torne-se gentil com os demais animais domésticos.
Esta espécie possui a prioridade em habitar dentro da casa, portanto é vital que o dono ensine adequadamente o cão com as regras de casa – contudo esteja pronto para uma atividade trabalhosa, porque o Samoiedo é bem teimoso! Outra questão relevante é pentear o pelo do cão entre duas a três vezes por semana no sentido de evitar que a pelagem se disperse ao longo da casa.
Porém, eles são bem apegados com o seu proprietário, carecendo de muito carinho, cafuné e atenção.

Filhotes de Samoiedo

Estes filhotinhos são bem carentes, constantemente desejando mamar e repousar bastante, fora que eles são semelhantes a umas “bolinhas de pelo”! Entretanto eles se desenvolvem bastante depressa e entre a quinta e décima semana de vida já viram verdadeiros “exploradores” do espaço onde habitam. É nesse período que o dono deve começar a ensiná-lo para que os comandos sejam mais usuais para o cachorro. Nesta fase ele está mais afeito, dado que é a época na qual ele se identifica com a raça que pertence e vai para um período de sociabilização com o ser humano. O treino tem que ser mais aprofundado após os 3 meses, pois nessa etapa o Samoiedo fica mais “autoritário”, logo sendo mais complexo educá-lo. Decorridos 1 ano, o cão já toma uma postura mais adulta e amplia a eficácia de aprendizagem, o tratador tem que intensificar o treinamento nesta fase já que eles ficam mais agressivos.
O Samoiedo, quando filhotinho, é bastante alegre, repleto de energia e muito vigoroso. Todos os cães desta raça têm um “sorriso” no seu rosto, com o lábio preto e olhos castanhos. Se por acaso a orelha do seu filhote não se eleva, fique tranquilo: ela só ergue depois dos três meses de vida. O rabo assenta sobre o dorso a partir dos dois de idade.

Curiosidades sobre o Samoiedo

Ele é tido como o cão nórdico mais disciplinado já percebido, ele é muito inquieto e estressado, dado que ele está sempre cavando qualquer coisa, no momento em que está neste nível emotivo.
No início da geração dos Samoiedos, os primeiros cachorros que foram trazidos para a Inglaterra não eram completamente brancos. O maior número deles era de uma cor canela e levemente menor que a espécie pura. A origem de determinados cães vieram das tribos nômades.
As primeiras importações oficiais de Samoiedos aconteceram em 1893 e o primeiro clube legítimo de criadores da espécie se efetivou na década de XX e funciona até os dias de hoje.
Nos períodos de tempestades de neve, os Samoiedos podem revestir o seu focinho com a própria cauda.
A curvatura dos seus lábios dá a sensação de estarem sempre “sorrindo”..

Deixe uma resposta